jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 0031903-19.2018.8.21.7000 RS

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

Décima Primeira Câmara Cível

Publicação

21/05/2018

Julgamento

16 de Maio de 2018

Relator

Antônio Maria Rodrigues de Freitas Iserhard

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-RS_AI_70076666916_38ffb.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO PRIVADO NÃO ESPECIFICADO. BEM IMÓVEL. AVALIAÇÃO JUDICIAL.

Caso em que se enquadra à hipótese de realização de nova avaliação (art. 873, III, do CPC), pois existindo considerável discrepância entre o laudo apresentado pelo perito judicial, o qual, inclusive, carece de informações técnicas, e as avaliações apresentadas pela parte-contrária, há dúvidas quanto ao valor atribuído ao imóvel na primeira avaliação.Presentes os requisitos de dano irreparável ou de difícil reparação face à possibilidade de o imóvel ir à hasta pública por um valor consideravelmente inferior ao valor de mercado.AGRAVO DE INSTRUMENTO PROVIDO. UNÂNIME.
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/936794861/agravo-de-instrumento-ai-70076666916-rs