jusbrasil.com.br
18 de Outubro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo : AGV 70036540300 RS

Detalhes da Jurisprudência
Processo
AGV 70036540300 RS
Órgão Julgador
Primeira Câmara Cível
Publicação
28/07/2010
Julgamento
30 de Junho de 2010
Relator
Jorge Maraschin dos Santos
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RS_AGV_70036540300_e5604.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO. FORNECIMENTO DE FRALDAS GERIÁTRICAS. ENFERMIDADE: DEMÊNCIA NÃO ESPECIFICADA E ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL HEMORRÁGICO ISQUÊMICO. FRALDAS GERIÁTRICAS.

A utilização de fralda descartável não configura apenas comodidade, mas visa a assegurar o direito à saúde evitando consequentes problemas de saúde advindos da sua não utilização.O direito à vida e à saúde são garantias expressas na Constituição Federal. A assistência à saúde é direito púbico subjetivo, independentemente de contribuição. Todos têm direito subjetivo à saúde, podendo exigi-lo do Estado, visto que a saúde é direito do cidadão e dever dos Poderes Públicos e da sociedade, cabendo ao Estado o fornecimento das fraldas pleiteadas. BLOQUEIO DE VALORES. Cabível o bloqueio de valores, em caso de descumprimento de comando judicial, pois ao juízo faculta a lei, sejam determinadas as medidas necessárias para o seu cumprimento.POR MAIORIA, VENCIDO O DES. DIFINI, AGRAVO DESPROVIDO.
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/909946375/agravo-agv-70036540300-rs