jusbrasil.com.br
26 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 0333226-49.2019.8.21.7000 RS

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Décima Câmara Cível
Publicação
11/08/2020
Julgamento
5 de Agosto de 2020
Relator
Marcelo Cezar Muller
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RS_AI_70083613174_cb10f.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO REGRESSIVA. PRESCRIÇÃO INOCORRENTE. INTERRUPÇÃO.

Considerando que houve o ajuizamento de Medida Cautelar de Protesto Interruptivo de Prescrição, o prazo restou interrompido, acarretando assim o reinício da contagem do prazo prescricional. No caso, considerado a data de ajuizamento da presente ação e o último ato da Medida Cautelar (art. 202, § único, do CC), não deve ser declarada a prescrição.Agravo de instrumento não provido.
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/901917014/agravo-de-instrumento-ai-70083613174-rs

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 5002713-07.2019.8.13.0470 MG

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC 5002944-64.2018.8.13.0342 MG

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP: 1115147-29.2015.8.26.0100 SP 1115147-29.2015.8.26.0100