jusbrasil.com.br
17 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 70077455822 RS

Detalhes da Jurisprudência
Processo
AI 70077455822 RS
Órgão Julgador
Sétima Câmara Cível
Publicação
Diário da Justiça do dia 22/06/2018
Julgamento
20 de Junho de 2018
Relator
Liselena Schifino Robles Ribeiro
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RS_AI_70077455822_cef5d.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DE INSTRUMENTO. FAMÍLIA. GUARDA. IMPOSSIBILIDADE DE GUARDA COMPARTILHADA. DESCABIMENTO. REGULAMENTAÇÃO DE VISITAS.

I - Em que pese a guarda compartilhada ser entendida como regime a ser aplicado entre pais separados, o contexto retratado aos autos evidencia a beligerância entre os genitores, incompatível com o mínimo de consenso exigido para a deliberação conjunta acerca da criação e educação da filha menor, estando a genitora com melhores condições, no momento, para o exercício da guarda.
II Readequadas as visitas em razão do horário de serviço do agravante. RECURSO PROVIDO EM PARTE. (Agravo de Instrumento Nº 70077455822, Sétima Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Liselena Schifino Robles Ribeiro, Julgado em 20/06/2018).
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/593044633/agravo-de-instrumento-ai-70077455822-rs

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Goiás
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - Apelação (CPC): 0419351-09.2015.8.09.0076

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 0013089-41.2011.8.07.0000 - Segredo de Justiça 0013089-41.2011.8.07.0000

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 0005759-78.2016.8.07.0012 - Segredo de Justiça 0005759-78.2016.8.07.0012