jusbrasil.com.br
20 de Setembro de 2019
2º Grau

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Habeas Corpus : HC 687034918 RS

BRUTALIDADE DE UM CRIME DE HOMICIDIO PREMEDITADO, COM REPERCUSSAO TRAUMATICA NA COMUNIDADE, JUSTIFICA A PRISÃO PREVENTIVA DECRETADA. ALIAS, A AUTORIA E CONFESSADA PELO REU TANTO NO INQUERITO COMO NO INTERROGATORIO. ORDEM NEGADA.

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Processo
HC 687034918 RS
Órgão Julgador
Segunda Câmara Criminal
Publicação
Diário da Justiça do dia
Julgamento
27 de Agosto de 1987
Relator
Moacir Danilo Rodrigues

Ementa

BRUTALIDADE DE UM CRIME DE HOMICIDIO PREMEDITADO, COM REPERCUSSAO TRAUMATICA NA COMUNIDADE, JUSTIFICA A PRISÃO PREVENTIVA DECRETADA. ALIAS, A AUTORIA E CONFESSADA PELO REU TANTO NO INQUERITO COMO NO INTERROGATORIO. ORDEM NEGADA.
(Habeas Corpus Nº 687034918, Segunda Câmara Criminal, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Moacir Danilo Rodrigues, Julgado em 27/08/1987)

Resumo Estruturado

1. HABEAS-CORPUS. DENEGACAO. PRISÃO PREVENTIVA. CABIMENTO. 2. PRISÃO PREVENTIVA. - GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA. - CLAMOR PÚBLICO. - PERICULOSIDADE DO REU. CRIME VIOLENTO. NECESSIDADE. - REU PRIMARIO. BONS ANTECEDENTES. VALOR.