jusbrasil.com.br
4 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Embargos Infringentes: EI 38995 RS

Detalhes da Jurisprudência

Processo

EI 38995 RS

Órgão Julgador

Primeiro Grupo de Câmaras Cíveis

Publicação

Diário da Justiça do dia

Julgamento

15 de Outubro de 1982

Relator

Bonorino Buttelli
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RESPONSABILIDADE CIVIL DE MEDICO. NEGLIGENCIA PROFISSIONAL RECONHECIDA. CAUSA DA MORTE DA PACIENTE. HEMORRAGIA INTERABDOMINAL CONSEQUENTE A RUPTURA TRAUMATICA DO RIM ESQUERDO, NO DECURSO DE UMA "SIMPATECTOMIA LOMBAR". NA APRECIACAO DA CULPA DE DIREITO COMUM, ENTRE AS HIPOTESES QUE A CONFIGURAM, A NEGLIGENCIA CONSISTE NA FALTA DE PRECAUCOES SEM INTENCAO DE PREJUDICAR. EMBARGOS ACOLHIDOS. VOTOS VENCIDOS.

(Embargos Infringentes Nº 38995, Primeiro Grupo de Câmaras Cíveis, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Bonorino Buttelli, Julgado em 15/10/1982)

Resumo Estruturado

1. RESPONSABILIDADE CIVIL. MEDICO. CULPA. - RECONHECIDA. - IMPRUDENCIA, NEGLIGENCIA OU IMPERICIA. PROVA. 2. INDENIZACAO. MORTE DE PACIENTE POR ACIDENTE POS-OPERATORIO. - MEDICO. IMPERICIA. COMPROVADA. - HEMORRAGIA.

Referências Legislativas

  • CC-159
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/5167739/embargos-infringentes-ei-38995-rs-tjrs

Informações relacionadas

Doutrina2019 Editora Revista dos Tribunais

Apêndice