jusbrasil.com.br
11 de Dezembro de 2017
    Adicione tópicos

    Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Recurso Cível : 71006728075 RS

    AÇÃO INDENIZATÓRIA. RESPONSABILIDADE CIVIL. CIRURGIA NO NARIZ. ESQUECIMENTO DE GAZE DURANTE O PROCEDIMENTO. DORES CONSTANTES DURANTE MESES. CONSULTA COM PROFISSIONAL EXTERNO AO QUADRO DO HOSPITAL QUE IDENTIFICOU O PROBLEMA SUBMETENDO O AUTOR A EXAMES E USO DE MEDICAÇÕES. DANO MORAL. OCORRÊNCIA, ANTE O QUADRO DE SOFRIMENTO DO AUTOR. QUANTUM INDENIZATÓRIO QUE PERMITE MAJORAÇÃO, ANTE A ÍNFIMA QUANTIA FIXADA NA ORIGEM. RESTITUIÇÃO DOS VALORES RELATIVOS A GASTOS COM MEDICAÇÃO E VALOR DA CONSULTA. POSSIBILIDADE. RECURSO DO AUTOR PROVIDO. RECURSO DO RÉU IMPROVIDO.

    Processo
    71006728075 RS
    Orgão Julgador
    Segunda Turma Recursal Cível
    Publicação
    Diário da Justiça do dia 11/08/2017
    Julgamento
    2 de Agosto de 2017
    Relator
    Roberto Carvalho Fraga

    Ementa

    AÇÃO INDENIZATÓRIA. RESPONSABILIDADE CIVIL. CIRURGIA NO NARIZ. ESQUECIMENTO DE GAZE DURANTE O PROCEDIMENTO. DORES CONSTANTES DURANTE MESES. CONSULTA COM PROFISSIONAL EXTERNO AO QUADRO DO HOSPITAL QUE IDENTIFICOU O PROBLEMA SUBMETENDO O AUTOR A EXAMES E USO DE MEDICAÇÕES. DANO MORAL. OCORRÊNCIA, ANTE O QUADRO DE SOFRIMENTO DO AUTOR. QUANTUM INDENIZATÓRIO QUE PERMITE MAJORAÇÃO, ANTE A ÍNFIMA QUANTIA FIXADA NA ORIGEM. RESTITUIÇÃO DOS VALORES RELATIVOS A GASTOS COM MEDICAÇÃO E VALOR DA CONSULTA. POSSIBILIDADE. RECURSO DO AUTOR PROVIDO. RECURSO DO RÉU IMPROVIDO.

    (Recurso Cível Nº 71006728075, Segunda Turma Recursal Cível, Turmas Recursais, Relator: Roberto Carvalho Fraga, Julgado em 02/08/2017).

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.