jusbrasil.com.br
22 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento : AI 70049363666 RS - Inteiro Teor

    Inteiro Teor

            AGRAVO DE INSTRUMENTO. DESERÇÃO.

            Tendo em vista que a parte ora agravante não procedeu ao preparo do recurso, é de ser reconhecida a deserção.

            RECURSO NÃO CONHECIDO. 

    Agravo de Instrumento Décima Sexta Câmara Cível
    Nº  70049363666 Comarca de Alegrete
    ERNI MENEZES FLORES AGRAVANTE
    ROBERTO LARA BRANDOLT AGRAVADO

    ACÓRDÃO

     

               Vistos, relatados e discutidos os autos.

               Acordam os Desembargadores integrantes da Décima Sexta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado, à unanimidade, em não conhecer do recurso.

               Custas na forma da lei.

               Participaram do julgamento, além do signatário, os eminentes Senhores Des.ª Ana Maria Nedel Scalzilli (Presidente) e Des. Ergio Roque Menine.

               Porto Alegre, 23 de agosto de 2012. 
     

    DES. PAULO SERGIO SCARPARO,

    Relator.

    RELATÓRIO

    Des. Paulo Sergio Scarparo (RELATOR)

                Trata-se de agravo de instrumento interposto por ERNI MENEZES FLORES contra decisão proferida no bojo da execução que lhe move ROBERTO LARA BRANDOLT (fls.45-48 deste agravo).

               O recurso foi recebido no efeito devolutivo (fl. 53 deste agravo).

               Não foram apresentadas contrarrazões (fl. 58 deste agravo).

               Indeferi o pedido de concessão do benefício da gratuidade da justiça formulado pela parte agravante, concedendo-lhe prazo para que procedesse ao preparo (fls. 83-84 deste agravo).

    &...



    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.