jusbrasil.com.br
19 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Recurso Cível : 71005223706 RS - Inteiro Teor

    Inteiro Teor

    VCAS

    Nº 71005223706 (Nº CNJ: 0045881-19.2014.8.21.9000)

    2014/Cível

    REPARAÇÃO DE DANOS. ACIDENTE DE TRÂNSITO. MANOBRA DE CONVERSÃO A ESQUERDA. VEÍCULOS QUE TRANSITAVAM NO MESMO SENTIDO, PORÉM, EM DIREÇÕES OPOSTAS. FLUXO LENTO. RECORRENTE QUE EFETUAVA ULTRAPASSAGEM PELA DIREITA. CULPA EVIDENCIADA. IMPROCEDÊNCIA MANTIDA. PRINCÍPIO DA IMEDIATIDADE. Embora a cortesia do motorista que transitava em direção oposta ao da recorrida não vinculasse os demais, no trecho em questão não há uma segunda pista, estando o recorrente a ultrapassar a fila de carros pela lateral direita. O fluxo estava lento e a recorrida pretendia infletir a esquerda em uma oficina mecânica. No caso, embora a presunção de culpa, a recorrida, no caso concreto, cercou-se das cautelas exigíveis, sendo o recorrente quem excepcionou na manobra. Tem-se ainda que a recorrida apresentou versões idênticas no depoimento pessoal e por ocasião da ocorrência policial, ao contrário do autor, que inovou em juízo argumentando que o carro à sua frente sinalizava para convergir à esquerda, o que lhe autorizaria a passar pela esquerda, fato não comprovado e inverossímil. Por fim, é caso de ser valorada a impressão do instrutor, que manteve contato direto com a prova, em especial, com os motoristas envolvidos. RECURSO IMPROVIDO.

    Recurso Inominado

    Segunda Turma Recursal Cível

    Nº 71005223706 (Nº CNJ: 0045881-19.2014.8.21.9000)

    Comarca de Pelotas

    AMERICO BORGES MORALES

    RECORRENTE

    MARLEN...

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.