jusbrasil.com.br
26 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 70061016002 RS

Detalhes da Jurisprudência
Processo
AI 70061016002 RS
Órgão Julgador
Décima Câmara Cível
Publicação
Diário da Justiça do dia 10/09/2014
Julgamento
7 de Agosto de 2014
Relator
Marcelo Cezar Muller
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RS_AI_70061016002_be93b.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ACIDENTE DE TRABALHO. PRONUNCIAMENTO JUDICIAL QUE POSTERGA O EXAME DA ANTECIPAÇÃO DE TUTELA PARA DEPOIS DA PERÍCIA MÉDICA JUDICIAL.

O pronunciamento judicial que postergou a análise do pedido de tutela antecipada para depois da realização da perícia médica judicial não tem característica de decisão, tratando-se de despacho de mero expediente, motivo pelo qual é irrecorrível segundo dispõe o art. 504 do CPC. Negado seguimento ao agravo de instrumento. ( Agravo de Instrumento Nº 70061016002, Décima Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Marcelo Cezar Muller, Julgado em 07/08/2014)
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/138702863/agravo-de-instrumento-ai-70061016002-rs

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 8 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 70057745044 RS

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 8 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 70058792391 RS