jusbrasil.com.br
29 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI 70057789968 RS

Detalhes da Jurisprudência
Processo
AI 70057789968 RS
Órgão Julgador
Décima Primeira Câmara Cível
Publicação
Diário da Justiça do dia 23/04/2014
Julgamento
16 de Abril de 2014
Relator
Antônio Maria Rodrigues de Freitas Iserhard
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-RS_AI_70057789968_d0819.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DE INSTRUMENTO. NEGÓCIOS JURÍDICOS BANCÁRIOS. JUNTADA DE DOCUMENTO. SENTENÇA JÁ PROLATADA.

O momento oportuno para a produção de provas é durante a instrução processual, que já se encerrou, já estando o processo, inclusive, em fase recursal. O documento juntado aos autos de maneira tardia não se trata de documento novo previsto no artigo. 397 do CPC, já que não há prova de que o agravante anteriormente não o possuía ou estava impossibilitada de utilizá-lo. AGRAVO DE INSTRUMENTO DESPROVIDO. UNÂNIME. ( Agravo de Instrumento Nº 70057789968, Décima Primeira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Antônio Maria Rodrigues de Freitas Iserhard, Julgado em 16/04/2014)
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/117333525/agravo-de-instrumento-ai-70057789968-rs