jusbrasil.com.br
2 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Crime: ACR 70024484586 RS

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ACR 70024484586 RS

Órgão Julgador

Quinta Câmara Criminal

Publicação

Diário da Justiça do dia 06/05/2013

Julgamento

24 de Abril de 2013

Relator

Francesco Conti

Documentos anexos

Inteiro Teor45_ACR_70024484586_1391880797725.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CRIME. FURTO SIMPLES. ESTADO DE NECESSIDADE - FURTO FAMÉLICO. NÃO COMPROVADO. PENA REDIMENSIONADA.

1 - Não havendo comprovação de perigo atual que não podia de outro modo evitar, não incide a excludente do estado de necessidade (inteligência do artigo 24 do CP). O estado de necessidade na modalidade furto famélico tem por fim saciar a fome imediata do agente, não incide quando se trata da subtração de uma vaca de mais de meia tonelada, pois ultrapassa os limites da excludente em tela.
2 - O concurso de agentes como qualificadora do furto decorre de previsão legal e inexiste decisão da Corte Máxima declarando a inconstitucionalidade do inciso IV do § 4º do artigo 155 do CP. A inadmissibilidade da aplicação da majorante do roubo no furto qualificado pelo concurso de agentes inclusive está pacificada no STJ (Súmula 442).
3 - Da mesma forma, é constitucional a aplicação da reincidência, que também decorre de previsão expressa da lei e em relação a qual inexiste declaração de inconstitucionalidade pelo Pretório Excelso. Ao revés, em recente julgamento a Corte Máxima assentou a constitucionalidade da aplicação da referida agravante.
4 - Concorrendo a atenuante da confissão espontânea com a agravante da reincidência, possível a compensação entre as duas.
5 - Impositivo o reconhecimento da prescrição da pretensão punitiva estatal quando transcorrido lapso temporal superior a 04 anos entre a publicação da sentença condenatória recorrível e a presente data, considerando que o réu restou definitivamente condenado à pena de 02 anos de reclusão. APELO DEFENSIVO PARCIALMENTE PROVIDO, POR MAIORIA. PENA REDIMENSIONADA. EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE, DE OFÍCIO, PELA PRESCRIÇÃO. ( Apelação Crime Nº 70024484586, Quinta Câmara Criminal, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Francesco Conti, Julgado em 24/04/2013)
Disponível em: https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/112879685/apelacao-crime-acr-70024484586-rs

Informações relacionadas

Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Rondônia TJ-RO - Apelação: APL 1000420-88.2017.822.0006 RO 1000420-88.2017.822.0006

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 10 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Crime: ACR 70046237475 RS

Wesley Caetano, Bacharel em Direito
Artigoshá 7 anos

Do furto famélico ou necessitado

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT: 003XXXX-57.2016.8.11.0042 MT

Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
Notíciashá 14 anos

O que se entende por estado de necessidade e quais seus requisitos, segundo o Código Penal? - Michele Melo